August 13, 2018

January 24, 2018

Please reload

Posts Recentes

Arte, saúde e mais sobre Cuidados Paliativos

April 19, 2018

1/7
Please reload

Posts Em Destaque

Sobre Oncologia

August 13, 2018

Neste último final de semana, fui convidada a participar do III Simpósio do CEPON, que aconteceu nos dias 10 e 11 de agosto, em Florianópolis, Santa Catarina.

 

Segundo seu portfólio institucional, o Centro de Pesquisas Oncológicas - CEPON - é um serviço que tem como missão prestar assistência integral, humanizada e de qualidade ao paciente com câncer, no âmbito do SUS, em Santa Catarina. É um serviço público de referência no tratamento oncológico em Santa Catarina e Centro de Referência da Organização Mundial de Saúde (OMS) para Medicina Paliativa no Brasil.

 

O evento contou com três salas concomitantes, nas quais foram discutidos assuntos como: trabalho multiprofissional, avanços nos tratamentos de diversos tipos de câncer, espiritualidade, abreviação do jejum, dietas, entre outros. Fiz alguns stories com dados interessantes de palestras que participei... Dá uma conferida! É só olhar nos destaques lá no meu instagram... 

 

Participei como a palestra "Abordagens da Terapia Ocupacional em Oncologia".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixo a palestra em pdf disponilizadada aqui. É só clicar para download!

 

 

Conheci pessoalmente quatro terapeutas ocupacionais incríveis que trabalham no CEPON (Lilian Martinho, Gabriela Bubniak, Záira dos Santos e Lúcia Sant'Ana). Gravei com elas para o canal do youtube, logo mais postarei tbm.

 

 

 

Além da aula, quero deixar para vocês artigos e materiais sobre Terapia Ocupacional em Oncologia, que podem contribuir para sua formação (seja na graduação ou já na prática profissional).  Segue lá! 2

 

Artigos:

Custom Made Occupational Therapy Adaptative Devices Designed for Patients with Cancer. Dias & Levy, 2005. 

 

The role in Occupational Therapy in Oncology. Penfold, 1996. (É velho, mas é importante! Um dos primeiros sobre o tema).

 

An evaluation of the domiciliary occupational therapy service in palliative cancer care in a community trust: a patient and carers perspective. Kealey & Mcintyre, 2005.

 

Fadiga em pacientes com câncer avançado: conceito, avaliação e intervenção. Mota & Pimenta, 2002. 

 

Implantação de um serviço de Terapia Ocupacional em uma Unidade de Medula Óssea. Mastropietro, 2001. 

 

Oficinas de Atividades: Reconstruindo o  Cotidiano de Pacientes Submetidos ao Transplante de Medula Óssea. Patrocínio et al, 2015.

 

Reflexões da clínica terapêutica ocupacional junto à criança com câncer na vigência da quimioterapia. Vasconcelos et al, 2006. 

 

Cuidados Paliativos junto a Crianças e Adolescentes Hospitalizados com Câncer: o Papel da Terapia Ocupacional. Garcia-Schinzari et al, 2013.

 

Uma intervenção da terapia ocupacional entre pacientes em tratamento quimioterápico de câncer de mama. Scandiuzzi & Silva, 2008.

 

Utilização de grupos na reabilitação de mulheres com câncer de mama. Gomes et al, 2003.

 

Diversão em movimento: um projeto lúdico para crianças hospitalizadas no Serviço de Oncologia Pediátrica do Instituto Materno Infantil Prof. Fernando Figueira (IMIP). Pedrosa et al, 2007. 

 

Os papéis ocupacionais de pessoas com câncer de cabeça e pescoço. Barroso et al, 2014.

 

O cotidiano de cuidadores informais de pacientes em tratamento quimioterápico. Toledo e Ballarin, 2013.

 

Uso do tempo e atividades significativas de adultos submetidos ao transplante de células-tronco hematopoiéticas. Ulrich et al, 2018.

 

A atuação da terapia ocupacional com mulheres com câncer de mama em cuidados paliativos. Faria e De Carlo, 2015. 

 

Terapia Ocupacional e o setor de transplante de medula óssea infantil. Idemori & Martinez, 2016. 

 

O uso de estratégias de coping de pacientes adultos submetidos ao transplante de células-tronco hematopoiéticas. Santos et al, 2017. 

 

Terapia ocupacional e oncologia pediátrica: caracterização dos profissionais em centros de referência no Estado de São Paulo. Joaquim et al, 2017. 

 

Occupational Therapy for adults with cancer: why it matters? Pergolotti et al, 2016.

 

Resident and therapist views of animal-assisted therapy: Implications for occupational therapy practice. Velde et al, 2005.

 

Occupational Therapy in Neuro-oncology. Mehdizadeh, 2015. 

 

Evolución de la Terapia Ocupacional in el campo da Oncología. Salas et al, 2006.

 

 

Capítulos de livros:

Assistência ao familiar da pessoa com câncer. Othero, 2010.

 

Occupational Therapy in Oncology and Palliative Care. Sahin et al, 2017. 


 

Manuais e similares:

Occupation Therapy intervention for cancer. HOPE - College of occupational therapists

 

 

Dissertações e teses:

Processo terapêutico da criança em transplante de medula óssea: práticas de terapeutas ocupacionais do Estado de São Paulo. Idemori, 2015.

 

 

Livros:

Terapia Ocupacional em Oncologia. Othero, 2010.

 

Terapia Ocupacional em Contextos Hospitalares e Cuidados Paliativos. De Carlo & Kudo, 2018. 

 

Terapia Ocupacional e Síndrome da Fadiga Crônica. Cox, 2005.

 

Terapia Ocupacional - Diferentes práticas em Hospital Geral. Uchoa-Figueiredo e Negrini, 2009. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cadernos de TO em Oncologia

E aqui você pode baixar a última publicação da ABRALE, um Caderno com mais de 20 experiências de TO em Oncologia. 

 

 

Se você souber de algum outro material interessante, mande pra mim que incluo, ok?!

Nos vemos no próximo post!

 

#caminhosdato

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter